Jardinagem Urbana – Um Guia para Principiantes por Samantha Rose Hunt

O Kitchen Garden é um dos produtos Minigarden mais preferidos pelos nossos clientes. Todos os meses recebemos ou encontramos comentários, artigos ou histórias de pessoas a descreverem as suas experiências com os nossos jardins verticais. Desta vez, gostaríamos de partilhar convosco a experiência pessoal de Samantha Rose Hunt com o jardim vertical que ela tem na sua casa. A Samantha é uma blogger canadiana, apaixonada por moda e criadora do My Ethical Edit, um blog com dicas e truques sobre como viver um estilo de vida mais ético e sustentável. Ela decidiu instalar um Kitchen Garden na sua varanda em Berlim para ter na sua opinião “um pequeno oásis em casa”. Aqui fica a tradução integral do seu post com a sua opinião honesta como jardineira urbana a dar os primeiros passos: “Não sou uma jardineira profissional, na verdade, todas as plantas que já possuí precisaram de ajuda. No entanto, quero partilhar a minha experiência em jardinagem urbana como iniciante. Eu aprendi muito até agora e acho que isso pode beneficiar aqueles que não se consideram exactamente as pessoas mais ideais para tratarem de plantas. Dizem que a jardinagem é terapêutica e eu concordo totalmente com isso. Não há nada melhor do que cuidar de algo e vê-la florescer e crescer! O que é a jardinagem urbana? A jardinagem urbana é o processo de cultivo de plantas de todas as variedades num espaço urbano, como uma varanda, pátio ou quintal. Isso também inclui jardins comunitários, telhados verdes e jardins de guerrilha (plantação em espaços públicos que não pertencem a jardins específicos como as bermas das estradas, por exemplo). Porque...

No jardim com… Carmen Ferreira

Uma vez que a horta Minigarden tem vindo a conquistar cada vez mais adeptos, a equipa Minigarden decidiu visitar alguns clientes que tenham instalado o sistema Minigarden anteriormente. Já existem tantas famílias que inseriram o Minigarden no seu dia-a-dia que se tornou cada vez mais aliciante acompanhar de perto a evolução das hortas e jardins verticais. Desta vez fomos visitar Carmen Ferreira, uma mãe que há 7 anos tinha optado por colocar uma horta Minigarden na varanda. Além de instalar os módulos, optou pelo nosso sistema de rega gota-a-gota (dando a cada planta a água e a nutrição necessárias), juntamente com um programador, um doseador de adubo e um filtro/redutor de pressão, tornando o sistema de rega e nutrição automatizado. Carmen explicou que “No verão, as hortícolas têm de ser regadas todos os dias e nos picos de calor às vezes duas vezes, o que justificou o investimento. Foi uma solução fantástica, uma vez que o nosso tempo livre era escasso”. Com o passar dos anos, Carmen decidiu mudar a decoração da cozinha e a varanda estava incluída nos planos. Com os dias mais agitados e o tempo livre cada vez mais escasso, Carmen optou por criar um espaço diferente, onde fosse possível, junto da família e amigos, usufruir de um ambiente acolhedor e lounge. “Decidi trazer o jardim da cidade para casa”. Carmen ainda nos explicou que “na altura, o tempo que passava em casa era pouco. Queria aproveitar todos os momentos livres e um jardim vertical exige menos tempo e manutenção do que uma horta”. Uma vez que esta família já tinha o sistema Minigarden instalado, esta...

À conversa com… Nuño García Castaño

Nuño García Castaño é formado em Biologia pela Universidade de Salamanca, especialista em Jardim pela Universidade de Almería e Mestre em Jardinagem pela Universidade Politécnica de Madrid. Tem mais de 20 anos de experiência, dedicados ao design e manutenção de jardins públicos e privados e está a frente da Viveros Madrona e  Gea Paisajismo. Foi através do projecto “A Cascata” – uma cascata verde no pátio interior dos escritórios da Microsoft em Madrid – que teve o seu primeiro contacto com o sistema vertical Minigarden. O desafio deste projecto era criar um local de inspiração, num espaço de trabalho de excelência, onde uma porta liga a tecnologia à natureza. Fale-nos um pouco da experiência que teve com o sistema vertical Minigarden neste projecto? A experiência foi extremamente satisfatória, começando pelos aconselhamentos iniciais e durante a instalação, bem como os trabalhos de manutenção subsequentes. Nas reuniões anteriores à instalação, Mário Esteves, representante da marca, explicou-nos detalhadamente todas as características e pormenores da instalação e auxiliou-nos durante a execução do mesmo, já que foi o nosso primeiro contato com este sistema. A instalação foi rápida e limpa, uma vez que o sistema é estanque, está muito bem pensado para obter um resultado magnífico. Como Biólogo e como instalador de jardins, o que acha do sistema vertical Minigarden? Como o sistema vertical Minigarden tem contentores para o substrato, reproduz mais fielmente as relações das plantas com o solo na natureza e é muito mais estável do que os sistemas de mantas/geotêxteis, por exemplo. Dentro do substrato não só se desenvolvem as plantas que plantamos, mas também toda uma flora e fauna típicas...

Workshops de Horticultura para crianças e adultos – Horta Vertical

No passado mês de Junho, terminou mais um ciclo de workshops DE HORTICULTURA PARA CRIANÇAS E ADULTOS, no Dolce Vita Tejo (o maior centro comercial da europa). Estes workshops foram dinamizados pela Associação Chão da Terra, e contou com o apoio da Minigarden. A Associação Chão da Terra tem como grande objetivo difundir práticas hortícolas ecológicas e de promover o contato com a terra e natureza.   Durante vários dias, foi possível conhecer os benefícios das hortas urbanas e aprender sobre o cultivo de plantas hortícolas e aromáticas. Em meio urbano, o uso de canteiros elevados e de estruturas que aproveitam o espaço na vertical, pode ser a solução ideal para criar uma horta urbana. Foi aqui que todos os participantes tiveram a oportunidade de conhecer o sistema Minigarden Vertical. Todos puseram as mãos na terra e seguiram, passo a passo, as sugestões para criarem uma horta Minigarden Vertical e nunca foram esquecidos os princípios gerais para uma agricultura sustentável. Foi um momento de divulgação e aprendizagem para todos os participantes. Diversão para adultos e crianças não faltou. …E assim encerraram este ciclo de workshops dando o merecido destaque para Associação Chão da Terra. Bem-vindos à Urban Green Revolution!     Dica da Associação Chão da Terra: CRIAR UMA HORTA VERTICAL – passo a passo Coloque a horta vertical num local com uma exposição solar mínima de 4 ou 5 horas diárias; Encha o fundo da horta vertical com material drenante que escoe ou absorva o excesso de água; Escolha um substrato adequado ao tipo de plantas; Adeque o tamanho da plantas e das suas raízes às dimensões da horta...

Na horta com… Joana Lobato

Desta vez, a equipa Minigarden visitou a horta de Joana Lobato, uma jovem que tem como grande paixão os seus amigos e companheiros de quatro patas. Sempre ambicionou ter uma horta em casa, mas a falta de tempo e espaço sempre foram fatores que impossibilitaram a implementação deste desejo. Joana explicou-nos que “Ainda tentei cultivar em vasos, mas sem sucesso”. Joana sempre se preocupou com a saúde e segurança alimentar. Os alimentos biológicos, para além de não serem produzidos com substâncias químicas, nocivas para a saúde e a causa de muitas doenças, são mais saborosos e nutritivos. “Preocupo-me com o meio ambiente. Os pesticidas prejudicam bastante a água, o ar e o solo e também a nossa saúde, direta ou indirectamente. Quando deixei de consumir carne, os vegetais passaram a fazer parte do meu dia-a-dia. Até poderia optar por adquirir em superfícies comerciais, mas os preços são elevados e nem sempre tenho a garantia de que realmente não usam produtos químicos ou conservantes.” “Numa altura em que se fala cada vez mais das hortas, principalmente as biológicas, decidi procurar a melhor solução. Foi quando encontrei Minigarden… decidi colocar a horta na minha varanda”, diz Joana enquanto colhe Hortelã para o chá. “Queria ter a possibilidade de cultivar a minha horta, com a garantia da qualidade dos produtos que consumo e que também produzo para dar aos meus animais. Eles adoram cenouras e assim tenho a certeza que não consomem químicos” Joana adora usar ervas aromáticas nos seus cozinhados, e acha o preço de uma embalagem de ervas frescas em qualquer supermercado um pouco exagerado. “Decidi ser um pouco de...